Por favor vire o ecrâ na vertical para visualizar o website

INICIAR SESSÃO

REGISTAR

REPOSITÓRIO

METEOROLOGIA

Terça-feira

Data: 2019-06-18

Max: 25ºC

Min: 11ºC

Quarta-feira

Data: 2019-06-19

Max: 24ºC

Min: 14ºC

Quinta-feira

Data: 2019-06-20

Max: 23ºC

Min: 13ºC

ENVIE PARA O JORNAL METEOROLOGIA ÚLTIMAS + LIDAS + PARTILHADAS HISTÓRICO DE NEWSLETTERSASSINATURA DIGITALINICIAR SESSÃOREGISTAR HISTÓRIA E ESTATUTO EDITORIAL POLITICA DE PRIVACIDADE / TERMOS DE USO FICHA TÉCNICA RELATÓRIO ANUAL DE GOVERNO SOCIETÁRIO

ENTREVISTA

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO EM ENTREVISTA | “Águeda está deslumbrante, o mundo já descobriu e quer visitar-nos!...”

2018-12-24 09:30:01

Foto SP

PRESIDENTE DO MUNICÍPIO EM ENTREVISTA | “Águeda está deslumbrante, o mundo já descobriu e quer visitar-nos!...”

Jorge Henrique Almeida (JHA), 54 anos, presidente da Câmara Municipal de Águeda há 426 dias (14 meses), conclui que o primeiro ano deste mandato “correu de acordo com as expectativas”, considera que a oposição socialista revela uma “atitude persecutória e justiceira de maus perdedores” e sorri ao constatar que “Águeda está deslumbrante, o mundo já descobriu isso e quer visitar-nos!...”.
SP: Ainda se lembra do tempo em que foi cronista assíduo nas páginas da Soberania do Povo?
JHA: Lembro-me muito bem do entusiasmo com que escrevia e dava a conhecer as coisas da minha terra. Também me lembro da curiosidade e, até mesmo, de alguma ansiedade em abrir logo o jornal, para ver os meus artigos. E lembro-me de decidir deixar de escrever logo que assumi responsabilidades políticas. Entendi de imediato que não posso ser cronista e comentador de assuntos em que me assumi como interveniente. As crónicas e comentários deixei-as, desde essa altura, para os outros, e, naturalmente, só desejo que sejam apenas justos comigo.

SP: Que memórias guarda desse desafio?
JHA: Boas memórias, sem dúvida. Aliás, na minha vida predominam boas memórias de todos os sítios por onde passei. Encontrei sempre pessoas fantásticas que me ajudaram a crescer como ser humano e, sem dúvida, me foram tornando melhor.

SP: Nessa altura alguma vez pensou que um dia chegaria à principal cadeira presidencial da Câmara Municipal?
JHA: Não, claro que não. Não me imaginava e nem o procurava. A minha vida nunca foi, para mim, o resultado de cálculos e projectos minuciosos. Mais do que querer definir por onde vou ou para onde vou, preocupei-me sempre muito mais em saber por onde não vou. Acho mesmo que a primeira coisa a aprender na vida é definirmos muito bem o que não queremos. Mas deixe-me dizer-lhe que o cargo de presidente da Câmara não se define muito bem como cadeira. Não me parece que seja um lugar para estar sentado. É, antes, um lugar onde se trabalha arduamente, um lugar de alegrias, por tudo o que conseguimos de bom para a nossa terra, e de frustrações, pelo que não conseguimos atingir. Sobretudo é um lugar de permanente inquietação e desafio, que tem que ser complementado por uma grande equipa, que é fundamental para o sucesso.

SP: Daqui a uma semana a Soberania do Povo completará 140 anos. Esta marca centenária orgulha o presidente do município?
JHA: O mais antigo semanário do País orgulha o presidente do município, é orgulho para todo o concelho e orgulha, naturalmente, os aguedenses. Este jornal é uma insígnia marcante e prestigiada, que faz parte da história de Águeda, que muito tem influenciado. É um orgulho, um desafio e também uma grande responsabilidade para todos os seus colaboradores. VER EDIÇÃO IMPRESSA OU DIGITAL